Acompanhe as notícias da Aceleradora Herd e as atualizações sobre nossas startups.

Nosso blog reúne as notícias mais recentes dos nossos trabalhos. Para mais informações, siga nossas redes sociais e entre em contato conosco!

Voltar

Empreendedoras estimulam investimentos em startups lideradas por mulheres

Redação Herd

12 de junho de 2019

Empreendedoras estimulam investimentos em startups lideradas por mulheres

 

O movimento, idealizado por três empreendedoras brasileiras, busca capacitar mulheres desde 2013 para atuar como investidoras anjo

 

As empreendedoras estão ganhando cada vez mais espaço no ecossistema de startups, contudo, elas ainda precisam driblar várias hostilidades – relacionadas principalmente ao sexismo e ao investimento desigual – para gerir seus empreendimentos.

Para auxiliar mulheres a entrarem neste mundo, foi criado o MIA (Mulheres Investidoras Anjo), que, desde novembro de 2013, atua com o objetivo de fomentar o Investimento Anjo feminino para atrair apoio a empreendedoras de negócios de alto impacto, com foco em startups lideradas por mulheres.

Segundo pesquisa elaborada pela Rede Mulher Empreendedora, em 2018, pouco mais de um terço das mulheres que empreendem trabalham sozinhas, sendo que 37% delas iniciam seus negócios sem capital e tentam se bancar por meio de poupança ou salários próprios.

Como forma de estimular o investimento em mulheres que tem seus empreendimentos e incluir mais empreendedoras a este ecossistema, o MIA promove encontros, há seis anos, entre mulheres que tenham potencial ou que já sejam investidoras anjo ativas. Neles, os empreendedores compartilham conhecimentos e apresentam projetos em busca deste tipo de investimento.

A iniciativa, que é a primeira do tipo no Brasil, é o resultado da visão de três mulheres envolvidas com o ecossistema de investimento anjo e empreendedorismo no Brasil, Maria Rita Spina Bueno (Anjos do Brasil), Ana Fontes (Rede Mulher Empreendedora) e a Camila Farani (G2 Capital).

Segundo Ana Fontes, fundadora também da Rede Mulher Empreendedora, “é comprovado por pesquisas que a mulher, quando empreende, gera um bem coletivo não só aos seus próximos, mas também à sua comunidade”.

 

 

Informações para Imprensa:
Thainá Dias
thaina@rme.net.br
Iara Barbosa
iara@rme.net.br
(11)2619-9190
http://www.mulheresinvestidoras.net/

 

Compartilhar